Gates of Olympus
Compartilhe

O negócio é brilhar!

Empresa pernambucana Contém Glitter se destaca ao oferecer porções de brilho e cor capazes de levar mais alegria ao Carnaval
PorSamuel Santos
Gates of Olympus
Compartilhe

O Carnaval é marcado pela abundância de cores e brilho, muito brilho. Como tradição é tradição, o glitter é um elemento que não pode faltar nesta festa, que anima os corações dos foliões e gera oportunidade para quem empreende. É só virar o ano que a empresa Contém Glitter corre contra o tempo para cumprir a sua missão de levar potes de brilho e alegria para quem sobe e desce ladeiras e segue os blocos na época mais animada do calendário. A marca, criada pela publicitária e foliã pernambucana Naiara Cândido, no final de 2016, no Recife, virou referência no assunto, com uma variedade de “fórmulas mágicas” para todos os gostos.

No começo eram só 17 tipos de glitters – hoje a empresária trabalha com mais de 200. A divulgação do negócio começou tímida, nas redes sociais da própria Naiara. Conforme as porções de alegria caiam no gosto do povo, inicialmente das amigas, que foram as primeiras “cobaias”, ela ia testando, pesquisando e entendendo o que o seu público buscava.

“Eu sempre fui apaixonada pelo Carnaval e adorava me fantasiar nessa época, mas sentia falta de uns glitters diferentes no mercado, como os que vendemos na Contém Glitter. Foi aí que eu enxerguei uma oportunidade de empreender, não só trazendo para mim esses glitters, como oferecendo para outras pessoas, que também buscavam uma proposta de brilho diferente para cair na folia”

Naiara Cândido, proprietária da Contém Glitter

O primeiro teste foi no Carnaval de 2017. Naiara tinha comprado 33 quilos de matéria-prima para criar seus colares de glitter e a quantidade se esgotou em menos de um mês. Foi ali que ela entendeu que poderia crescer e decidiu, então, comprar o dobro da quantidade de material para atender a demanda. “Nesse ano, depois do Carnaval, pegamos todo o lucro e fomos para a China, onde visitamos quatro indústrias de glitter para entender um pouco mais sobre a matéria-prima que usamos e nos profissionalizar para oferecer um produto de qualidade e com variedade para os nossos clientes”, comenta.

Para a empreendedora, outro ponto forte para o sucesso do negócio foi o investimento em ações de marketing. Nas redes sociais, site e canais de venda da empresa, o produto não é apresentado como um simples pote de glitter, mas como poções que reúnem misturas exclusivas e pensadas cuidadosamente para aguçar a curiosidade e despertar sentimentos nos consumidores. Entre as fórmulas de sucesso estão os colares Brilho da Boate, Tardezinha, Experiência Psicodélica, Boi da Macuca e a Brasilidades. Em 2018, a marca lançou sua linha biodegradável, com material importado da Alemanha e de acordo com a norma que regulamenta os plásticos biodegradáveis da Europa.

A Contém Glitter foi criada basicamente por causa do Carnaval, mas nem só de folia vive a empresa. “A gente tem a coisa do glitter o ano inteiro, com foco em eventos, oferecendo vidrinhos personalizados para casamentos, confraternizações de final de ano de empresas, aniversários, brindes e com a nossa prestação de serviço do camarim do glitter itinerante, por meio do qual temos ações de ativação da marca, que pode ser contratada por outras empresas ao longo do ano. Mas a nossa maior demanda é realmente no Carnaval, quando contratamos pessoal extra para dar conta dos pedidos”, explica a empreendedora.

Na sua trajetória até se consolidar no mercado como dona da maior marca especializada em glitter cosmético do país, Naiara procurou se capacitar. “Participar do Empretec, do Sebrae, me ajudou a entender que eu era, de fato, uma empresária. Assumir isso foi importante para dar mais maturidade para a minha postura dentro do mercado e me ajudou a lidar melhor com fornecedores e clientes”, completa. A Contém Glitter, que começou na sala da casa de Naiara, hoje conta com um ateliê próprio e vai continuar com a estratégia de foco nas vendas online, com expectativa de investimento ainda maior neste Carnaval, que terá um dia a mais em muitas cidades, como o Recife. A empresa também busca ampliar a sua participação em outros estados do Sudeste do Brasil, indo além de São Paulo, onde o negócio já tem uma boa aceitação.

  • Carnaval
  • Moda