entainpartners - salão de beleza – entainpartners – entainpartnershttps://www.kaoshiol.comAcesse conteúdos jornalísticos, nos mais variados formatos, focados na informação como aliada das micro e pequenas empresasTue, 02 Jan 2024 14:32:09 +0000pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=6.2.3entainpartners - salão de beleza – entainpartners – entainpartnershttps://www.kaoshiol.com/cultura-empreendedora/setor-de-beleza-tem-mais-de-524-novos-negocios-abertos-por-dia-em-2023/Tue, 02 Jan 2024 14:21:01 +0000https://www.kaoshiol.com/?p=19502O setor formado por cabeleireiros, barbeiros, manicures, pedicures e outras atividades ligadas à beleza permanece em alta. De janeiro a setembro deste ano, 143.306 microempreendedores individuais (MEI) do ramo foram abertos em todo o país – uma média de 524 novos estabelecimentos por dia. É o que mostra um levamento realizado pelo Sebrae com base nos dados do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da Receita Federal do Brasil. Esses empreendedores representam mais de 5% dos 2,9 milhões microempreendedores individuais (MEI) e micro e pequenas empresas que iniciaram suas atividades em 2023.

O grande número de empresas de beleza criadas segue a tendência de crescimento dos últimos anos. Em 2022, após a pandemia, foram registrados 186 mil novos negócios. Entre o universo de 15,4 milhões de microempreendedores individuais (MEI) existentes no país, os profissionais da beleza também se destacam: são mais de 1 milhão de MEI em atividade no setor. A analista de Competitividade do Sebrae e coordenadora nacional do Setorial de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, Andrezza Cintra, ressalta que as pessoas estão mais interessadas em cuidar do corpo e usufruir da experiência que o serviço possibilita.

-

Não é um pico pós-pandemia, mas sim um crescimento consistente e necessário para atendimento às diversas demandas que os serviços de embelezamento prestam. Mas, sobretudo, devemos entender esse destaque como uma preocupação com o corpo, com o bem-estar, com a interação com o outro.

Andrezza Cintra, coordenadora nacional do Setorial de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos do Sebrae.

“Temos as questões do remodelamento das barbearias e do avanço dos equipamentos estéticos que têm sido marcantes nesses últimos anos”, adiciona.

Andrezza destaca ainda que o movimento crescente do setor teve influência da Lei Salão Parceiro, de 2016, que flexibilizou o mercado e a oportunidade de os empreendedores crescerem com o tempo. Por outro lado, a analista reitera que o empoderamento e afirmação por meio da beleza também estão em alta.

Anne Andrade abriu seu salão de beleza em 2023. Crédito: arquivo pessoal.

“A gente tem hoje salões de cachos e salões de tranças nagô, que são prioritariamente de empoderamento étnico, empoderamento racial, e trazem a beleza como ferramenta, como instrumento desse propósito”, afirma. “As novas gerações entendem que uma empresa deve ter um propósito, o impacto que causa naquela localidade, naquele território, naquele bairro”, completa.

Há 15 anos no mercado, Anne Andrade abriu, em 2023, um espaço de beleza em um centro empresarial, em uma das principais avenidas de João Pessoa (PB). “Consegui unir o útil ao agradável. Um lugar que tivesse movimento, rotatividade, com acessibilidade e estacionamento. Tudo isso conta na hora de abrir um negócio. O pessoal do Sebrae me orientou direitinho”, aponta. Outro aspecto que tem contribuído para a empresa dar certo tem sido a fidelização da clientela que ela conquistou com o tempo, especialmente durante a pandemia.

Atualmente como microempreendedora individual (MEI), a cabeleireira já estuda passar à categoria de microempresa neste ano. “Graças a Deus, o negócio tem dado certo. Para não ficar para trás, tenho procurado os conteúdos do Sebrae e sempre participo da feira da beleza que eles realizam aqui em João Pessoa. Além disso, procuro estar sempre atualizada para não perder nenhuma novidade do mercado”, adianta.

Dicas

A analista do Sebrae Andrezza Cintra lista algumas dicas para se destacar no mercado. Confira:

  • Serviço – Ofereça uma experiência de qualidade, um serviço que tenha por trás uma equipe capacitada e que esteja antenada nas inovações tecnológicas, tanto da indústria cosmética quanto da indústria de equipamentos, principalmente quando se fala em estética.
  • Especialização – É importante estar atualizado e se especializar para atender a um volume maior de clientes. Então, por exemplo, se o salão é mais procurado para colorimetria – procedimentos que envolvem a cor dos cabelos – é importante que os profissionais estejam treinados para isso.
  • Nicho – Focar em mercados específicos, trazer consciência de propósito e ambiental. As novas gerações exigem produtos botânicos, veganos, orgânicos.
  • Canais digitais – É necessário estar conectado com os clientes por meio das redes sociais, formando uma comunidade em torno do negócio.
  • Parcerias – Trazer as marcas como parceiras, oferecendo os produtos de qualidade com custo compatível com o público que atende.
  • Digitalização– 100% da gestão deste negócio deve ser digitalizada. Trabalhar com dados e ter uma gestão inteligente (conhecer os clientes, valores, comparar períodos e entender quais profissionais apresentam melhor faturamento). Esse tipo de informação só é possível quando se tem dados que permitem uma previsibilidade e um planejamento.
]]>
entainpartners - salão de beleza – entainpartners – entainpartnershttps://www.kaoshiol.com/economia-e-politica/sebrae-leva-pequenos-negocios-da-amazonia-para-a-maior-feira-de-beleza-das-americas/Thu, 07 Sep 2023 12:05:13 +0000https://www.kaoshiol.com/?p=16521Pequenos negócios do setor de cosméticos que trabalham com produtos da Região Amazônica vão participar, a partir de sábado (9), da maior feira de beleza das Américas. 10 empreendedores foram selecionados pelo Sebrae para exporem seus produtos na 18ª Beauty Fair, que acontece em São Paulo, até o dia 12 de setembro. O Brasil é o 4º maior mercado de beleza do mundo e a presença das micro e pequenas empresas no segmento é uma das mais expressivas na economia do país. Do universo de 1,4 milhão de negócios do setor, mais de 99% são pequenos negócios (sendo 1,2 milhão de MEI).

Segundo a Coordenadora Nacional de Beleza e Cosméticos no Sebrae, Andrezza Torres, a oportunidade de participar da feira abre um universo de possibilidades para esses pequenos negócios. Nove dessas 10 empresas já receberam apoio do Sebrae por meio do programa Inova Amazônia, que contribui com o desenvolvimento de negócios inovadores que trabalham com o conceito de bioeconomia a partir dos produtos da região. Agora esses empreendedores terão a chance de participar do Cosméticos da Amazônia, iniciativa que oferece suporte de gestão, regulatório e comercial para conquistar novos espaços. “Estamos apoiando esses negócios, revendo processos que vão desde o planejamento do mix de produtos, adequação às normas, regulamentos e Leis até a prospecção de possíveis mercados no exterior”, comenta Andrezza.

As empresas do “Cosméticos da Amazônia” também foram selecionadas para participar de uma iniciativa pioneira do Sebrae em parceria com a rede Soneda Perfumaria e Grupo Laces. Em abril, a empresa, que é uma das maiores redes do segmento no país, inaugurou uma megaloja na Avenida Paulista (SP) que abriga o primeiro Hub de Aceleração Clean Beauty. Nesse espaço, os pequenos negócios com produtos sustentáveis irão expor seus produtos em um dos espaços comerciais mais privilegiados do país.

Compartilhando conhecimentos

Além de levar essas empresas sustentáveis para a Beauty Fair, o Sebrae participará do Seminário de Gestão de Negócios de Beleza, a jornada de conhecimento mais concorrida do setor de beleza no Brasil, com mais de 800 inscritos. Este ano, a instituição convidou dois pequenos negócios que são referência em razão da sua matriz energética sustentável, da sua gestão 100% digital e por terem modelos de negócio inovadores. A Barba Mia, do Distrito Federal, e o Lellas Studio, da Bahia, estarão no painel de empreendedores da feira.  “É muito importante para os donos de pequenos negócios presentes na Beauty Fair ouvirem a experiência de empreendedores que estão em uma realidade muito próxima. Isso proporciona um espelhamento, quando o empreendedor conhece uma experiência que é acessível e pode ser reproduzida no próprio negócio”, acrescenta Andrezza Tores.

Confira as empresas selecionadas pelo Sebrae para o Programa Cosméticos da Amazônia:

• Pharmakos D’Amazônia

• By Essence

• Ver-o-Fruto

• Quri Natural Beauty

• Reinabio

• Raizz Saúde Capilar

• Amakos

• Ciclo Saboaria

• Simbioze Amazônica

• Tangerine Cosméticos

]]>
entainpartners - salão de beleza – entainpartners – entainpartnershttps://www.kaoshiol.com/cultura-empreendedora/sebrae-pr-lanca-guia-especial-com-tendencias-para-o-setor-de-bem-estar/Thu, 06 Jul 2023 19:39:39 +0000https://www.kaoshiol.com/?p=14800O Sebrae/PR preparou uma edição especial do Guia de Tendências para os empreendedores do segmento de bem-estar. O conteúdo oferece uma visão atualizada sobre as mudanças no consumo e no estilo de vida dos clientes, bem como estratégias para tornar seus negócios mais preparados para o futuro. Com dados atuais e dez tendências específicas para o setor, esse estudo apresenta inovações e perspectivas de mercado.

Segundo Mauricio Reck, consultor do Sebrae/PR, o material foi desenvolvido com o propósito de fornecer informações e de explicar o funcionamento das tendências e seu impacto no consumo. Além disso, o Guia de Tendências apresenta exemplos de empresas que as aplicam na prática.

“O mercado do bem-estar é enorme e em constante crescimento em todo o mundo e sua importância ficou ainda mais evidente no pós-Covid. Por isso, abordamos neste material setores como beleza, saúde e outros que crescem em todo o mundo. Também destacamos as principais forças macroeconômicas e tendências nesses setores, e como o desenvolvimento sustentável é uma das principais direções futuras nesse contexto”, observa Reck.

É possível conferir também no material o “Data Guia: Bem-Estar”, onde os usuários terão acesso a um conteúdo abrangente do mercado, incluindo gráficos e dados que mostram como o setor de bem-estar se transformou perante as mudanças nos comportamento de consumo e como isso afetou a vida das pessoas do mundo todo. O material mostra ainda que, mesmo diante dos desafios impostos pela pandemia, fica evidente que as pessoas estão mais conscientes da importância de cuidar de si mesmas.

Dentre os dados apresentados, destaca-se um estudo da McKinsey (2021) que revelou que 79% dos entrevistados reconhecem a importância do bem-estar, sendo que 42% o consideram uma das principais prioridades. Além disso, o mercado global de bem-estar ultrapassa a marca de US$ 1,5 trilhão e continua a apresentar um crescimento anual estimado entre 5% e 10%, principalmente no que se refere a serviços e a produtos ligados aos setores fitness, saúde, nutrição, aparência, sono e mindfulness (termo que pode ser traduzido como “atenção plena”).

Odete Barros, proprietária do Salão Perfect de Toledo e gestora do projeto social Libélula. Crédito: arquivo pessoal.

Crescendo e compartilhando

No mundo do empreendedorismo de bem-estar, histórias inspiradoras de indivíduos que superam obstáculos e alcançam o sucesso são uma fonte de motivação e exemplo. Um desses casos é o de Odete Barro, proprietária do Salão Perfect de Toledo, no oeste do Estado, uma empreendedora que encontrou no mundo da beleza sua vocação e sucesso profissional.

Ela conta que, quando começou nessa área, teve muita dificuldade de encontrar pessoas que passassem conhecimento e que estivessem dispostas a ensinar. Por isso, desenvolveu um projeto social chamado Libélula, que profissionaliza mulheres na área da beleza.

“Percebi que tudo o que não tive no início da minha jornada, posso agora oferecer em termos de conhecimento, desde empreendedorismo, marketing e gestão, até a ‘mão na massa’ o curso prático. Seja em conhecimento, seja em exemplo ou até mesmo um conselho, sempre podemos mudar a vida de alguém para melhor. E a área da beleza me ensinou isso”, enfatiza a empresária.

Tecnologia a favor da beleza

Kamilla Loyane, fundadora da startup Lolita Bonita, de Cascavel, também no oeste paranaense, percebeu durante sua formação como esteticista a falta de uma plataforma na sua região que facilitasse a vida de profissionais e clientes interessados em serviços de estética. Com apoio do Sebrae, ela lançou um aplicativo, em 2019, para suprir essa demanda.

Kamilla Loyane, da startup Lolita, de Cascavel. Crédito: Kauã Veronese.

Com esseapp, os clientes podem pesquisar, agendar e pagar on-line por serviços de cabeleireiro, manicure e massagista. Ela também inovou ao oferecer cupons de descontos para dias de menor movimento. Além do aplicativo, a startup lançou o site, que funciona como um e-commerce de produtos para cuidados com a pele, corpo e cabelo.

“Na época, estavam surgindo muitas clínicas e salões, ou seja, era um mercado que estava saturado. Foi aí que comecei a pensar em como poderia inovar e me diferenciar nessa área. O essencial é reunir preço justo e qualidade no serviço, isso promove uma democratização da estética”, afirma a empreendedora.

Esse e outros materiais ligados a tendências estão disponíveis gratuitamente no site: www.sebraepr.com.br/tendencias/.

]]>
entainpartners - salão de beleza – entainpartners – entainpartnershttps://www.kaoshiol.com/cultura-empreendedora/experiencia-pessoal-de-transicao-capilar-da-origem-a-negocio-de-sucesso/Sat, 01 Jul 2023 12:00:51 +0000https://www.kaoshiol.com/?p=14570O novo programa do Sebrae “Conta a Virada” viajou até Belo Horizonte (MG) para conversar com a Marina Ulhôa, farmacêutica tricologista, que a partir de uma de transformação pessoal enxergou no empreendedorismo uma chance de acolher mulheres em seu salão de beleza, o Fusilli, especializado em cabelos cacheados, ondulados e crespos.

Ao vivenciar todo um processo intenso de transição capilar enquanto morava na Itália, Marina começou a conceber a ideia de negócio. Sem tradição empreendedora na família, ela e o marido, Felipe Domingues, que também é seu sócio, venderam uma casa para abrir o salão logo depois que voltaram ao Brasil. Com um bom planejamento e uma reserva pessoal para emergência, os dois encaram muitos desafios com coragem.

Os atendimentos aqui são bem individualizados. Trabalhamos com cabelos naturais que carregam histórias cheias de sentimentos, traumas e emoções. Atendemos mulheres que, como eu, não aceitavam suas identidades capilares e passaram por processos de violência em relação ao cabelo.

No episódio, o casal compartilha toda a jornada de superação até finalmente apresentar o grande momento da virada. Também contam como conseguiram enfrentar as dificuldades e dão dicas valiosas para quem pretende ter seu próprio negócio. Atualmente, o salão tem agenda lotada e fila de espera para atendimentos. Além disso, se prepara para entrar no mundo digital com a comercialização de uma linha própria de cosméticos.

Para conferir a grande virada da Marina, do marido Felipe e do próprio negócio, basta acessar o canal do Sebrae no Youtube. Clique aqui para conhecer todos os detalhes desta história.

Primeira temporada

O novo programa “Conta a Virada” percorreu todo o Brasil para apresentar jornadas reais de superação no empreendedorismo. Ao todo serão oito episódios na primeira temporada com exibições quinzenalmente, com previsão até setembro deste ano. Cada um deles traz depoimentos sobre como o negócio começou, os maiores desafios encontrados na trajetória empreendedora e soluções, e por fim, o momento da virada.

]]>
entainpartners - salão de beleza – entainpartners – entainpartnershttps://www.kaoshiol.com/cultura-empreendedora/atendida-pelo-sebrae-empreendedora-de-porto-franco-cria-linha-de-produtos-capilares/Tue, 20 Jun 2023 20:09:49 +0000https://www.kaoshiol.com/?p=14278A entainpartners traz um bate-papo com a empreendedora Denilze Oliveira, da Região Tocantina, que está há 15 anos atua no mercado de beleza e há dois criou sua própria marca de produtos capilares. Ela começou a empreender com um pequeno salão de beleza, em Porto Franco (MA), mas sempre teve um objetivo em mente: ter sua própria linha de produtos capilares.

Talento e simpatia não faltaram para conquistar clientes e ampliar sua rede de contatos, aliando sonho a conhecimento para que o objetivo fosse alcançado. Nesse percurso, ela contou com o apoio importante do Sebrae. Quer saber como? Continue aqui para acompanhar esta história inspiradora e saber mais. Vamos lá?

Denilze Oliveira há dois criou a sua própria marca de produtos capilares e atende toda região. Já são oito produtos lançados.

-

ANS – Para iniciar a nossa conversa, Denilze, conte-nos como você começou a empreender?

Denilze – Eu comecei com a distribuição de cosméticos, há 15 anos. No decorrer desse tempo, eu vendi várias marcas, vi algumas nascerem nas minhas mãos e se firmarem no mercado. Eu tinha meu salão de beleza, meus clientes, mas sempre olhando para o meu maior desejo: criar minha marca própria.

ANS – Houve um longo caminho até chegar ao cumprimento do seu sonho. Então, em que momento você decidiu tirá-lo do papel e iniciar sua própria marca de produtos capilares?

Denilze – Com esse tempo e experiência no mercado, aflorou ainda mais o desejo de ter a minha marca e não comprar a fórmula pronta. Então, fui estudar estética e cosméticos, com objetivo de me aprofundar em cosmetologia. No laboratório, eu comecei a conhecer os ativos, saber as funções e a desenvolver os produtos, sempre pensando em atender aos desejos e às necessidades dos meus clientes. 

ASN – Empreender é desafiador, muitas vezes ocorre por necessidade e sem auxílio de início, mas percebemos a sua preocupação em buscar conhecimentos técnicos desde o começo. Você considera que isso foi importante para desenvolver o seu empreendimento? 

Denilze – Sim, muito. Unir o meu conhecimento e as experiências do dia a dia ao estudo que me fez enxergar além e saber onde ir. Antes mesmo da faculdade, eu já tinha buscado consultorias com o Sebrae. 

Posso dizer que o meu começo foi com o Sebrae, quando eu tinha entre 17 e 18 anos. Na época, eu era cabelereira na cidade de Porto Franco e um dos meus primeiros contatos com o Sebrae foi o Empretec, um verdadeiro divisor de águas.

ASN – O Sebrae, realmente, busca favorecer esse suporte e força aos pequenos negócios. Conte aos nossos leitores quais soluções do portfólio Sebrae você utilizou?

Denilze – Posso dizer que o meu começo foi com o Sebrae, quando eu tinha entre 17 e 18 anos. Na época, eu era cabelereira na cidade de Porto Franco e um dos meus primeiros contatos com o Sebrae foi o Empretec, um verdadeiro divisor de águas que me fez crescer profissionalmente, pois eu queria ir além, sair do salão, mas não conseguia, sempre vinham medos e inseguranças e eu não sabia como poderia passar por cima disso e ir em frente. O Empretec me ensinou a calcular os riscos, planejar e estabelecer metas, porque só com sonhos não se faz nada. Mas eu também fiz o Líder Coach, participei de inúmeras Semanas do MEI, mentorias e consultorias. Os cursos da grade regular e os maiores, fiz todos eles e todo empreendedor poderia fazer.

ASN – Além dos conhecimentos técnicos, de onde vem a inspiração para criar os produtos?

Denilze – Dos meus clientes (risos). Eu adoro visitar os clientes nos salões, visitar os cabeleireiros, não apenas para vender, mas também para coletar informações que utilizo na minha produção. Eu olho os produtos dos concorrentes, pergunto aos meus clientes as necessidades, os desejos, o que e como eles querem. Faço um verdadeiro laboratório mesmo. 

-

-

ASN – Você participa de forma direta do produto, desde a escolha de ativos até a embalagem?

Denilze – Todos os nossos produtos têm a minha participação. É lógico que eu levo para indústria, mas tudo tem a minha participação, por exemplo, a seleção de ativos, formato e cores da embalagem. Eu sei dizer exatamente o que eu quero e o que eu não quero. Para isso, eu continuo estudando e me aprimorando para pegar tudo que a indústria tem de melhor e ofertar o melhor ao meu cliente.  

ASN – Atualmente, você já lançou quantos produtos no mercado?

Denilze – Lançamos oito! Os primeiros dois foram em 2021 e, agora, temos mais seis produtos. De lá para cá, fui me aprimorando e adotando tecnologias inovadoras, inteligentes. Eu queria um produto multifuncional porque, hoje, as mulheres não querem passar muito tempo no salão, afinal a vida é muito corrida. Temos selagem para cabelos loiros e escuros, produtos para cabelos ondulados e cacheados, botox para hidratar e mais dois perfumes capilares com proteção térmica.

ASN – Neste mercado concorrido, qual diferencial você tem a ofertar aos clientes? 

Denilze – O cabeleireiro está cansado de passar horas fazendo chapinha para ter resultado de uma selagem. Os clientes não aceitam mais produtos fortes, que incomodam bastante. Eles querem produtos suaves, que não agridem ou comprometam a sua saúde capilar e tragam resultados. Nossos produtos têm nanotecnologia e possuem uma entrega muito eficaz, um alisamento com muito tratamento. Investimos nas manteigas e óleos de que os cabelos necessitam. 

Nunca desistam dos seus sonhos! Não tenham medo de buscar conhecimento profissional que possam ajudá-lo a evoluir

ANS – Você citou anteriormente que utiliza tecnologias inteligentes, inovadoras. Sem revelar suas fórmulas, o que você poderia nos contar sobre essas tecnologias?

Denilze – A nossa selagem não tem cheiro, não faz fumaça e, muitas vezes, não precisa passar chapinha. Basta passar quatro vezes, desta forma o cabeleireiro ganha tempo, a cliente sai com cabelo altamente hidratado. Além disso, o nosso é um produto socioeconômico, que traz qualidade de vida, qualidade de vida, um produto acessível e sustentável, possui embalagem biodegradável, por exemplo. 

ASN – Para finalizar, deixe uma mensagem para os empreendedores e para aqueles que querem ter o seu próprio negócio, mas não sabem como ampliar ou iniciar seus negócios. 

Denilze – Nunca desistam dos seus sonhos! Não tenham medo de buscar conhecimento profissional que possam ajudá-lo a evoluir. Continuem estudando, conhecendo o mercado e oferecendo sempre o melhor ao seu cliente. O Sebrae tem muitos cursos, então fique atento e muito sucesso a todos!

]]>
entainpartners Mapa do site

1234